Centro de Saúde da Mulher Supera Números Anteriores e Implanta 100 Dispositivos Intrauterinos em 2019

Publicado em

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Neste ano, o Centro de Saúde da Mulher bateu o recorde de colocação de DIU, alcançando a marca de 100 unidades. Superando em 62% os números de 2017 e 2018, no qual foram 62 unidades implantadas a cada ano.

A paciente, número 100, é uma adolescente de 17 anos, que já realizou duas cesáreas, na primeira teve pré-eclâmpsia e na segunda eclâmpsia, chegando a ficar internada no CTI.

A Coordenadora do Programa de Prevenção ao Câncer de Colo Uterino, Natália de Souza Silva, conta “estamos muito felizes, nosso trabalho esta dando resultados. Esse significativo aumento nos anima trabalhar cada vez mais, já temos projetos para descentralizar a palestra educativa, e outras medidas para ofertar e orientar a maior quantidade de pacientes”.

Para o Secretário de Saúde, Rogério Leite, “é uma vitória, os profissionais envolvidos estão de parabéns, ainda há muito desconhecimento sobre o DIU, temos que oportunizar o planejamento familiar a todos. O DIU é um dos mais seguros e eficazes métodos anticoncepcionais existentes. A mulher que optar terá todo o apoio e orientações fornecidas pelo Centro de Saúde da Mulher”.

Centro de Saúde da Mulher

A mulher que queira colocar o DIU deve procurar o Centro de Saúde da Mulher, com os documentos pessoais e o cartão do SUS. Todas as todas as terças-feiras, as 13hs, é ministrado uma palestra que aborda seu funcionamento e as contraindicações, logo após é marcado a data do procedimento.

O DIU, de cobre, é considerado um dos métodos contraceptivos mais efetivos, e a de maior duração disponível hoje no mercado. Mas é importante lembrar que seu uso não substitui a camisinha, já que ele não previne DSTs (doenças sexualmente transmissíveis).

O Centro de Saúde da Mulher fica localizado na Rua 15 de novembro, s/nº – Centro. Telefone (67) 3907-5387.

Entenda como funciona o DIU de cobre

É um dispositivo pequeno, geralmente em forma de T, com um fio ou cilindros de cobre, que é colocado dentro do útero por um profissional da área da saúde e funciona de forma não-hormonal. Posicionado, ele libera íons de cobre que imobilizam o esperma e dificultam bastante a sua motilidade em torno do útero, mas não impedem os ovários de liberarem óvulos. Na rara ocasião em que um espermatozoide consegue ultrapassar essa barreira, o cobre também impede a implantação do ovo fecundado na parede do útero.

O DIU de Cobre pode permanecer inserido por até 5 ou 10 anos, dependendo do modelo. A mulher pode escolher retirá-lo a qualquer momento, e é possível engravidar logo após a remoção do dispositivo.

A taxa de falha relativa a este método é de 0,8%, ou seja, 8 a cada mil mulheres que usaram o dispositivo ao longo de um ano. A eficácia do DIU fica clara quando comparamos com a da pílula, onde estima-se que 6 a 9 mulheres a cada 100 engravidem em um ano de uso.

Mais Artigos

Poder Legislativo e Executivo,Números Positivos

A Câmara Municipal e a Prefeitura de Corumbá cumpriram as exigências impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), referente ao terceiro quadrimestre de 2019 (setembro a dezembro), e

Corumbá se Previne Contra

Apesar de Corumbá não ter registrado um caso suspeito do Novo Coronavírus, o município está em alerta. O Secretário de Saúde, Rogério Leite explica “há uma projeção de