7 meses depois: o panorama da Covid-19 em MS, que atinge estabilidade de casos em outubro

Publicado em

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Primeiros casos da doença foram registrados no dia 14 de março em Campo Grande. 75 mil casos e 1.449 óbitos depois, estado registra queda de registros, mortes e média móvel da doença, mas especialistas alertam para que população continue seguindo medidas de higiene e biossegurança.

Nesta quarta-feira (14), serão completados exatos sete meses desde os dois primeiros dias de caso de covid 19 confirmados em Mato Grosso do Sul. Neste período de 213 dias, a doença deixou diversas marcas no estado, que viu 75 mil pessoas serem infectadas em todo os seus municípios além de 1.449 vidas serem perdidas em decorrência do coronavírus.

Ainda em março, o primeiro óbito, o de uma idosa de 64 anos foi registrado. Os casos continuaram a crescer no estado e as mortes seguiam a tendência. Em julho,Mato Grosso do Sul ultrapassou os 10 mil casos da doença e tinha 177 mortes registradas O pior veio em agosto, quando número de mortes recorde foi o ápice em toda a pandemia,com 478,número de 48% maior do que o mês anterior.

Teste da covid-19 em MS — Foto: Detran/Divulgação

Teste da covid-19 em MS — Foto: Detran/Divulgação

Mais Artigos

COVID 19″ Corumbá Recebe Respiradores.

Na manha do dia 09 de abril a Prefeitura de Corumbá recebeu 5 respiradores do Estado, que serão utilizados na Unidade de Tratamento Intensivo da Santa Casa. Agora,