Prefeitura de Campo Grande, Orçamento de R$ 4,7 bilhões para esse ano

Publicado em

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

A Prefeitura de Campo Grande vetou 145 pontos apresentados pelos vereadores,à lei anual de 2022,qu eprevê receita de 4,7BI, Para tanto, foi levado em consideração parecer da Sefin (Secretaria de Finanças e Planejamento).

Segundo edição extra do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) de 29 de dezembro de 2021, estão na lista de vetos implantação e normatização do plano de cargos e carreiras da SAS (Secretaria de Assistência Social), implantação de quebra-molas em bairros, construção e manutenção de centro de reabilitação e ressocialização para agressores de mulheres, entre outros.

Na justificativa, o município afirma que o total de anulações propostas para as emendas vetadas ultrapassam os valores disponíveis, o que causaria um desequilíbrio nas contas e deficit de R$ 128,8 milhões. O total de sugestões aprovadas pelos parlamentares corresponde a R$ 171,1 milhões. Se fossem mantidas, conclui o Poder Executivo, as emendas comprometeriam ações e obras em andamento. 

Os vereadores, quando iniciarem o ano legislativo, em fevereiro, poderão analisar os vetos e derrubá-los, se assim entenderem que deve ser feito. Se forem mantidos, os projetos são arquivados. 

Mais Artigos

Suspeita de Coronavírus é Descartado Em Corumbá

O primeiro caso suspeito do Novo Coronavírus em Corumbá foi descartado por exame Laboratorial. A Secretaria Municipal de Saúde por meio da Vigilância Epidemiológica agiu prontamente, de acordo

Morre Jornalista Armandinho Anache

Morreu na manhã desta terça-feira (30), o jornalista Armando Amorim Anache que havia sido transferido para Corumbá, por conta de complicações da Covid-19. De acordo com informações obtidas