Prefeitura publica relação de diretores escolares para ano letivo 2022

Publicado em

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Dando continuidade aos trabalhos para receber os alunos no próximo dia 17 de fevereiro, a Secretaria Municipal de Educação segue com ações de reorganização e planejamento, que incluem uma nova equipe de gestores em suas 41 unidades escolares, divididas entre zona urbana e zona rural.

A relação com os diretores de cada unidade que desempenharão a gestão durante o ano letivo de 2022 foi publicada na edição desta quinta-feira, 20 de janeiro, no Diário Oficial de Corumbá, que pode ser acessado pelo site www.corumba.ms.gov.br

Os gestores já se reuniram com o secretário municipal de Educação, Genilson Canavarro de Abreu, e equipe da SEMED, no auditório da escola municipal CAIC Padre Ernesto Sassida, onde receberam as primeiras orientações.

“A Secretaria desenvolveu critérios para avaliar a gestão nas escolas. Batizamos de termômetro, com metas a serem desenvolvidas. Ao final do prazo de cada gestão, levamos em conta esse resultado para reconduzir ou não o diretor ao cargo no ano seguinte”, comentou o Genilson.

Em 2022, os diretores terão uma ferramenta muito importante em mãos, o Programa Dinheiro Direto na Escola Municipal (PDDEM), aprovado no final de ano passado pelo Legislativo e, posteriormente, sancionado pelo prefeito Marcelo Iunes.

Com o PDDEM, os diretores das escolas e centros e educação infantil passarão a gerir recurso que poderá ser utilizado ao longo do ano em demandas específicas contempladas na lei. Entre elas: manutenção e reparos de suas estruturas física, hidráulica, elétrica, bem como pequenas reformas; conservação preventiva e corretiva das Unidades, limpeza da área escolar, etc.

**Texto e foto: Lívia Gaertner

Mais Artigos

Governo de MS compra dois tratores por R$ 840 mil

Governo de Mato Grosso do Sul adquiriu dois tratores para a Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e o extrato da compra foi publicado no DOE-MS (Diário Oficial