Covid-19: casos oficiais representam 8% de número real, diz estudo

Publicado em

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Índices verdadeiros seriam até 12 vezes superiores ao divulgado pelo Ministério da Saúde e poderiam já estar beirando os 300 mil

Os registros oficiais de covid-19 no Brasil representam apenas 8% do número real de casos, de acordo com projeção do Nois (Núcleo de Operações e Inteligência em Saúde), da PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro), divulgados nesta segunda-feira (13). Os índices verdadeiros seriam até 12 vezes superiores ao divulgado pelo Ministério da Saúde e poderiam já estar beirando os 300 mil.

O percentual de notificações está ainda mais baixo do que a média nacional em São Paulo (6,5%) e no Rio de Janeiro (7,2%) – os dois estados que reúnem a grande maioria dos casos do novo coronavírus.

De acordo com a nota técnica, “o elevado grau de subnotificação pode sugerir uma falsa ideia de controle da doença e, consequentemente, levar ao declínio da implementação de ações de contenção, como o isolamento horizontal.”

O objetivo dos pesquisadores é, justamente, alertar para a importância da testagem em massa e do fornecimento de dados mais consistentes. “O principal problema da subnotificação é que as pessoas que possuem o vírus, mas não foram testadas podem eventualmente ter um relaxamento maior no isolamento social”, afirmou o pesquisador do Nois Marcelo Prado, engenheiro da Biz Capital.

“À medida que a subnotificação aumenta, um número maior de pessoas pode relaxar na questão do isolamento social e, com isso, aumentar as taxas de contágio da doença.”

Além disso, explica, o conhecimento da real dimensão da epidemia é fundamental para as autoridades de saúde dimensionarem os equipamentos necessários (como leitos de UTI, ventiladores, entre outros) e implementarem políticas de isolamento mais eficientes, centradas nos locais de maior prevalência da epidemia.

 taxa de letalidade da doença no Brasil é de 5,7%.

Foram adicionados ao balanço nacional, de ontem para hoje, 1.261 novos casos confirmados de covid-19, totalizando 23.430.

Com 105 novos registros nas últimas 24 horas,o  Brasil soma nesta segunda feira dia 13/04, 1,328 mortos pelo novo corona vírus,informa o boletim diário do ministério da saúde.

O relatório de hoje mostra 12 capitais em estado de emergência devido à alta incidência de covid-19 (número de infectados por milhão de habitantes). São elas: Fortaleza (573); São Paulo (518); Manaus (482); Macapá (391); Florianópolis (345); Recife (339); São Luís (302); Rio de Janeiro (297); Vitória (279); Porto Alegre (210); Brasília (204); Boa Vista (175).

Com 105 novos registros nas últimas 24 horas, o Brasil soma nesta segunda-feira (13) 1.328 mortes pelo novo coronavírus, informa o boletim diário do Ministério da Saúde

Mais Artigos

Corumbá Apoia Ladário e Com Fumacê em Bairros Com Suspeita da Dengue Dias 07 e 08 de fevereiro a Secretaria de Saúde de Corumbá, em parceria com o