Ciclistas encontram jaguatirica que teve cabeça esmagada após ser atropelada em rodovia de MS

Publicado em

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Animal foi encontrado no acostamento da BR-262 entre as cidades de Terenos e Campo Grande. Responsável pelo atropelamento não foi identificado.

Uma jaguatirica teve a cabeça esmagada na noite desta quinta-feira (15) após ser atropelado na BR-262, entre Terenos e Campo Grande. Um grupo de ciclista que passava pelo local, encontrou o animal ainda caído no acostamento.

Segundo o responsável por retirar o felino e colocá-lo às margens da rodovia, Gustavo Gule, ele conta o atropelamento aconteceu em uma curva que já registrou bastante acidentes.

“Quando a encontramos o corpo dela ainda estava quente. Pela situação, parece que esse atropelamento foi proposital. A impressão que tive, é que a cabeça dessa jaguatirica simplesmente explodiu. Uma cena triste que encontramos durante o nosso treino”, lamentou

De acordo com Fernando Leigue, que foi o primeiro a notar o animal caído na rodovia por volta das 20h (horário de MS), só foi possível vê-lo por conta das lanternas das bicicletas. O responsável pelo acidente não foi identificado.

“Como estamos próximo da capital é mais difícil encontrar situações como essa. Em relação a essa jaguatirica, no começo deu pavor. A gente fica com aquela sensação que o espaço dela está sendo invadida e é por isso, que a cada vez mais, eles [animais] estão próximo das cidades”, explicou ao G1.

Segundo o tenente-coronel Ednilson Queiroz, chefe de comunicação da Polícia Militar Ambiental (PMA), a atitude dos ciclistas foi correta em parar e retirar o animal da pista: “Fizeram o certo. Com muito cuidado eles retiraram o animal da via para evitar um outro acidente”, e ainda acrescentou:

Mais Artigos

Rede Municipal Inicia Aulas Nesta Segunda Feira

A Secretaria Municipal de Educação inicia nesta segunda-feira, 6 de abril, as Atividades Programadas na Rede Municipal de Ensino de Corumbá (REME). Todo processo ocorrerá à distância, sem