Prefeito prestigia cerimônia alusiva à Batalha Naval do Riachuelo, Data magna da Marinha

Publicado em

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

O prefeito Marcelo Iunes prestigiou nesta quinta-feira, 09 de junho, a cerimônia alusiva ao 157° (centésimo quinquagésimo sétimo) aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha Brasileira. A solenidade foi realizada no Pórtico do 6º Distrito Naval e foi coordenada pelo vice-almirante Paulo César Bittencourt Ferreira, comandante do 6° DN.

Após a cerimônia, o prefeito de Corumbá destacou a importância da parceria institucional entre as Forças Armadas, principalmente a Marinha, e o Executivo municipal. Marcelo Iunes ressaltou também presença do 6° Distrito Naval para assegurar a soberania do território nacional nesta fronteira do Brasil.

A campanha da Data Magna da Marinha do Brasil deste ano homenageia o Imperial Marinheiro Marcílio Dias, um dos heróis da Batalha Naval do Riachuelo. Natural de Rio Grande (RS), Marcílio Dias ingressou na Armada Imperial aos 17 anos, quando sua mãe, Pulsena Dias, preocupada com o comportamento rebelde do filho, inscreveu-o na Escola de Grumetes do Rio de Janeiro a fim de transformar o futuro dele.

O Imperial Marinheiro ficou conhecido ao dar a vida pela nação. Em 11 de junho de 1865, a bordo da corveta Parnaíba, atacada por navios paraguaios, foi ferido mortalmente em uma luta corpo a corpo contra quatro inimigos, tendo falecido no dia seguinte.

Com o slogan “Heróis do passado, transformando o presente, inspirando o futuro”, a Marinha enaltece a trajetória de Marcílio Dias, um exemplo de bravura e patriotismo que inspira homens e mulheres de hoje a lutarem por um futuro melhor.

História da Batalha

A Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), maior conflito na história da América do Sul, deixou um legado de união, solidariedade e superação aos brasileiros, com emprego das Forças Armadas e plena mobilização da nossa sociedade.

Na campanha naval, enfrentamos uma Marinha preparada para o ambiente fluvial e com vantagens, tanto na proximidade do apoio logístico como no apoio de fogo de terra.

A Batalha Naval do Riachuelo, evento decisivo e vitorioso, ocorrida em 11 de junho de 1865, foi marcada pela bravura de aguerridos marinheiros e fuzileiros navais, que, incentivados pelos célebres sinais de Barroso: “O Brasil espera que cada um cumpra o seu dever”; e “Sustentar o Fogo, que a vitória é nossa”, superaram adversidades de toda ordem, muitos deixando suas vidas em combate. Por conta desse episódio histórico, em 11 de junho celebramos a Data Magna da Marinha.

Desde então, a Marinha do Brasil comemora, todos os anos, nessa data, os feitos heroicos daqueles homens que lutaram na Batalha Naval do Riachuelo, reconhecendo-os como exemplos e lembrando seus atos às gerações que os sucederam. Nossa participação nessa batalha deixou um legado de heroísmo, bravura, superação e amor ao Brasil. Com informações da Marinha do Brasil.

Fotos: Renê Marcio Carneiro

Mais Artigos

Sebrae MS Promove o Concurso de Merendeiro

Profissionais que preparam refeições em escolas municipais de Mato Grosso do Sul estão participando do 1º Desafio Estadual das Merendeiras 2022. O concurso foi dividido em duas etapas.